A TEORIA DO TRÍPLICE ASPECTO DO ESPIRITISMO

Existem algumas expressões que não foram criadas por Allan Kardec, mas acabaram sendo creditadas ao pensador francês.

O processo acontece da seguinte maneira:

a) alguém cria uma expressão;

b) a expressão cai no gosto coletivo;

c) por falta de conhecimento, as pessoas acreditam que a expressão está em alguma obra de Kardec.

Um desses casos é a expressão tríplice aspecto do Espiritismo, que jamais foi enunciada por Kardec. No entanto, o pensador francês foi a primeira pessoa a afirmar que o Espiritismo tinha três aspectos aspectos distintos e complementares, conforme vemos abaixo:

“O Espiritismo se apresenta sob três aspectos diferentes: o fato das manifestações, os princípios de filosofia e moral que delas decorrem e o da aplicação desses princípios” (1).

Em 1897, a “REVISTA ESPÍRTA DO BRASIL”, órgão do Centro da União Espírita de Propaganda no Brasil, passou a publicar uma seção intitulada “CIÊNCIA, FILOSOFIA E MORAL” (2).

Acredito que o responsável pela coluna tenha montado essa tríade com base na tripartição proposta por Kardec, conforme segue abaixo:

  • As manifestações = Ciência.
  • Os princípios de filosofia e moral = Filosofia.
  • A aplicação desses princípios  = Moral.

O Centro da União Espírita era o reduto dos espíritas ditos “científicos” por não aceitarem que o Espiritismo tivesse um caráter religioso. A instituição era dirigida pelo “científico” Angeli Torteroli.

Em 1904, o cronista carioca João do Rio publicou uma frase de Leopoldo Cirne, pronunciada num discurso feito na FEB:

“… as obras ditas fundamentais (de Allan Karde) (…) reúnem o tríplice aspecto de Ciência, Filosofia e Moral ou Religião” (3).

Essa foi a utilização da expressão tríplice aspecto mais antiga que encontrei até agora. Por outro lado, Cirne construiu seu modelo com a palavra religião como alternativa para a palavra moral, modificando, assim, a tripartição proposta pelos “científicos” do Centro da União Espírita.

Em 1929, Carlos Imbasssahy suprimiu a palavra moral da trindade:

“Há que encarar o Espiritismo sob o seu tríplice aspecto: o de Ciência, o de Filosofia e o de Religião” (4).

É extremamente improvável que Imbassahy tenha eliminado a palavra moral por descuido ou esquecimento. Acredito que ele retirou  a palavra moral por achar que a terceira coluna do tríplice aspecto deveria ser a Religião e não a Moral.

Em 1939, um espírita — que concordava com Imbassahy, pois usou seu modelo — fez a seguinte pergunta ao espírito Emmanuel no livro “O CONSOLADOR”:

— Apresentando o Espiritismo (…), três aspectos distintos, científico, filosófico e religioso, qual desses aspectos é o maior?

O guia espiritual de Chico Xavier responde à pergunta referendando o modelo de Imbassahy e dando absoluta primazia ao aspecto religioso:

— No seu aspecto científico e filosófico, a Doutrina será sempre um campo nobre de investigações humanas (…). No aspecto religioso, todavia, repousa a sua grandeza divina, por constituir a restauração do Evangelho de Jesus Cristo… ” (5).

Particularmente, eu discordo que o Espiritismo tenha o tríplice aspecto de Ciência, Filosofia e Religião ou Moral. Na minha avaliação, o Espiritismo é  apenas uma religião, um pouco diferente das demais.

NOTAS:

(1) “O LIVRO DOS ESPÍRITOS”, Conclusão, Item VII, primeiro parágrafo, FEB Editora, 4a. edição, 2013, página 455, tradução de Evandro Noleto Bezerra.

(2) A seção foi publicada de agosto de 1897 até o fim da revista.

(3) “AS RELIGIÕES DO RIO”, João do Rio, José Olympio Editora, 3a. edição, 2012, página 277.

(4) “RELIGIÕES COMPARADAS”, coletânea de artigos de diversos autores, Gráfica Roland Rohn & Cia, 1929, página 146.

(5) “O CONSOLADOR”, Francisco Cândido Xavier e Emmanuel, FEB Editora, 29a. edição, 2013, página 9.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s